L-Arginina

A L-Arginina é o aminoácido precursor do óxido nítrico (NO), da uréia, da ornitina e da agmatina, sendo necessária para que o organismo humano faça a síntese de creatina, e pode ser usada para a síntese de poliaminas, citrulina e glutamato.

Existe a especulação, ainda sem a devida comprovação científica, que a suplementação alimentar com o aminoácido L-Arginina estimula a liberação de GH (hormônio do crescimento), o que a torna atraente para os atletas interessados em hipertrofia (aumento de massa muscular).

A arginina é um dos aminoácidos essenciais que compõem as proteínas do corpo, desempenhando papel importante na divisão celular, no processo de cicatrização de ferimentos, na remoção de amônia do corpo, no sistema imunológico e na produção de hormônios.

Por se tratar de um precursor do óxido nítrico (NO) a arginina é capaz de melhorar a vasodilatação em algumas condições de exercício, aumentando o fornecimento de nutrientes e oxigênio aos músculos que estão sendo solicitados durante o treinamento físico.

Portanto os adeptos de esportes intensos como musculação, fisiculturismo, natação, ciclismo, atletismo e outros mais podem se beneficiar com a ingestão de um suplemento alimentar com L-Arginina, melhorando a performance e o ganho de massa muscular.

Referências:

Wikipédia, a enciclopédia livre.